Incêndio na Boate Kiss teria sido planejado por uma seita satânica

incendio-na-Boate-Kiss-teria-sido-planejado-por-uma-seita-satanica

Você ainda se lembra da Boate Kiss? Se não, foi uma boate que pegou fogo durante um show, quando um dos integrantes da banda que era responsável por animar o lugar resolveu, de maneira muito inteligente, lançar um sinalizador dentro de um local fechado.

O resultado foi uma tragédia, onde mais de 200 pessoas morreram asfixiadas e/ou queimadas e um número incontável de pessoas ficaram feridas. Dentre os mortos estava o membro mais jovem da banda, que se perdeu no meio da fumaça.

Por mais irônico que possa parecer, uma postagem no perfil oficial da Boate, no dia em que iria rolar o Show da banda dizia “Hoje teremos a banda Gurizada, a Kiss vai pegar fogo!” e não é que pegou mesmo?

Foi, a partir disso, que uma teoria conspiratória surgiu dentre as cinzas e, agora, ocupa a mente investigativa de muitos internautas, Brasil a fora.

Dançando no Fogo
O simples fato da infeliz postagem na página oficial da boate já seria motivo para os amantes de teorias conspiratórias. Porém, a coisa vai além, pois obviamente o post foi apagado da página. Quando? Cerca de uma hora antes do local pegar fogo.

incendio-na-Boate-Kiss-teria-sido-planejado-por-uma-seita-satanica1

Porque teriam os profissionais de marketing digital da boate apagado a mensagem, pouco tempo antes do incêndio começar? Eles sabiam que, de fato, a boate iria pegar fogo? As dúvidas são muitas e as respostas escassas.

Porém não foi somente isso que fez a teoria ganhar corpo, mas também o cartaz da banda que estava fazendo a performance. Para quem não sabe, a banda utilizou um cartaz bem peculiar, que consistia em uma caveira em chamas tocando música, enquanto outras caveiras – também em chamas – dançavam ao fundo.

Mais intrigante que este cartaz, só a foto do integrante da banda responsável por atirar o sinalizador, horas antes, ao lado do dito banner fazendo um “joinha” muito irônico com as mãos.

O interessante é que este homem não morreu, na verdade, ninguém da banda era para ter morrido. A morte veio do homem mais jovem do grupo e só aconteceu porque ele acabou se perdendo no meio da fumaça.

E, por falar em mais jovem, isso me lembra outra peça deste quebra-cabeça, no mínimo, intrigante:

Die Young
Die Young ou, em tradução livre, “Morra, Jovem! ” Era o nome da última música que foi tocada, instantes antes da boate arder em chamas, ceifando a vida de centenas de jovens, incluindo o integrante mais novo da banda.

incendio-na-Boate-Kiss-teria-sido-planejado-por-uma-seita-satanica2

Pronto, estava feito o bolo de uma das teorias conspiratórias mais consistente que já vi, em todos os meus anos de trabalho como pesquisador.

Porém, como bolo que é bolo tem chantilly, este veio com o estranho relato de uma sobrevivente. Segundo a jovem, enquanto todos tentavam correr, uma mulher trajada de vestido vermelho caminhava tranquilamente no palco, sorrindo e dando tenebrosas gargalhadas.

A cereja do bolo fica por conta dos seguranças, que trancaram as possíveis saídas da boate, seguindo ordens do dono do estabelecimento. E aí fica a dúvida: Porque diabos os seguranças iriam trancar uma boate, durante um incêndio?

Porque eles arriscariam a vida de todo mundo, incluindo a deles mesmos? Isso soa bem estranho não?
Compartilhar Google Plus

Postado Por: Derni Oliveira

Apresentador e ator, Opniões são importantes, mas relevantes .

Postagens Relacionadas

0 comentários :

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial